Dyrce Drach (1930–2017):“Nosso papel era evitar que presos políticos desaparecessem”

Dyrce Drach, primeira presidente e fundadora do CEDECA RJ (gestão 2009-2011), veio a falecer nesse sábado (23 de setembro de 2017) aos 86 anos e durante sua vida também atuou na Comissão Pastoral da Terra (CPT-RJ), no Instituto de Apoio Jurídico Popular (AJUP), do Centro de Defesa D. Luciano Mendes – da Associação Beneficente São Martinho e como membro da Comissão de Direitos Humanos OAB/RJ.

A matéria da Brasil de Fato conta brevemente a trajetória de Dyrce com os direitos humanos e em destaque trazendo a entrevista feita em 2015 realizada por Luiz Otávio Ribas para compor sua tese “Direito insurgente na assessoria jurídica popular”. Acesse a entrevista inteira aqui e confira um trecho publicado na Brasil de Fato com a matéria na íntegra.

 
 

 

%d blogueiros gostam disto: