Dossiê Mulher 2018

O ISP (Instituto de Segurança Pública) do Rio de Janeiro publicou o Dossiê Mulher 2018, uma publicação anual que visa contribuir com o aumento da visibilidade trazendo informações relativas à violência contra a mulher no Estado do Rio de Janeiro. O relatório aborda os principais crimes que milhares de mulheres sofrem cotidianamente, como a lesão corporal dolosa, a ameaça, o atentado violento ao pudor, o estupro, o homicídio doloso e a violência doméstica.

O Dossiê Mulher 2018 mostra que  as mulheres continuam sendo as maiores vítimas dos crimes de estupro (84,7%),  ameaça (67,6%), lesão corporal dolosa (65,5%), assédio sexual (97,7%) e importunação ofensiva ao pudor (92,1%). Boa parte dos crimes contra as mulheres são cometidos por pessoas com algum grau de intimidade ou proximidade com a vítima, ou seja, são companheiros e ex-companheiros, familiares, amigos, conhecidos ou  vizinhos.

Um dado alarmante que é importante dar destaque é que 66,6% das vítimas de estupro do sexo feminino eram crianças ou adolescentes.

Visualize o Dossiê na íntegra clicando aqui e confira o infográfico aqui.

Confira também a visualização interativa de dados de violência contra a mulher no Rio de Janeiro clicando aqui.

Clique aqui para conferir todos os “Dossiê Mulher” dos anos anteriores.

Veja a notícia do Dossiê 2018 na íntegra aqui.

%d blogueiros gostam disto: