Nota Pública caso Henry – Rede Não Bata Eduque

O CEDECA RJ, fazendo parte da Rede Não Bata, Eduque, vem repudiar toda e qualquer violência contra crianças e adolescentes e lamentar a morte brutal do menino Henry Borel, cujo padrasto é suspeito de ter agredido a criança até a morte com a conivência da mãe. Ambos tiveram a prisão preventiva realizada no último dia 8 de abril, exatamente um mês após a morte do menino.Infelizmente, a violência vivenciada por meninas e meninos em seus lares, no qual esse ciclo da violência não é interrompido, pode culminar em tragédias que cerceiam a vida dessas crianças, fatos que comovem e sensibilizam a sociedade inteira.Há quase duas décadas temos trabalhado o tema da prevenção dos castigos físicos e psicológicos contra crianças e adolescentes com a sociedade brasileira, inclusive apoiamos a aprovação da Lei Menino Bernardo (13.010/2014) – lei que recebeu esse nome em homenagem a uma criança que também foi assassinada por pessoas que deveriam protegê-la. Por isso, gostaríamos de chamar a atenção para algumas informações que podem contribuir para que a sociedade em geral reflita sobre seu papel protetivo com relação às crianças e adolescentes e juntos possamos atuar para que tragédias como esta não voltem a ocorrer.

➡️ Leia a íntegra em bit.ly/nota-henry

%d blogueiros gostam disto: