CEDECARJ

Notícias

O CEDECA RJ publica hoje, 20/10 a Lista dos(as) candidatos(as) selecionados(as) para prova escrita e entrevista do Processo de Seleção de Pessoal e para Cadastro de Reserva Edital nº 001/2020 do CEDECA RJ.

Agradecemos a todos que participaram do processo. Para acessar a lista CLIQUE AQUI.

O CEDECA RJ informa a lista dos 20 candidatos sorteados para o Curso online interativo para adolescentes e jovens: “Práticas Restaurativas e Educação para a paz”.
O critério adotado no processo seletivo foi ter participado das entrevistas nos dias 7 e 8 de outubro em horários agendados pela equipe. Como a procura foi maior que a quantidade de vagas, foi realizado um sorteio no dia 9 de outubro de 2020.

Você encontra a lista nominal dos entrevistados e o vídeo do sorteio no Resultado Final. Para acessar o Resultado Final CLIQUE AQUI.

Caso tenha dificuldade em abrir os links no documento acima:

Acesse a lista nominal dos entrevistados CLICANDO AQUI
Acesse o link do vídeo do sorteio CLICANDO AQUI

O CEDECA RJ divulga hoje a data e os horários de entrevista para a seleção dos adolescentes e jovens inscritos no curso Práticas Restaurativas e Educação para a paz: Curso online interativo para adolescentes e jovens.

CLIQUE AQUI e confira a listagem.

O CEDECA Rio de Janeiro publica hoje edital de seleção para 01 (uma) vaga de psicólogo(a) para compor a equipe do Programa de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte – PPCAAM RJ, confira o edital na íntegra no link abaixo:

EDITAL 001/2020

Hoje, quarta-feira de 30/09/2020 foi ao ar a entrevista que o Coordenador do CEDECA RJ Pedro Pereira concedeu à Radio Nacional para a matéria sobre a votação da PEC 33/19 pela ALERJ.

Nela Pedro Pereira explica sobre a inconstitucionalidade na decisão – a PEC 33/19 que foi pauta de votação ontem (29/09/2020) na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro permite que os agentes de segurança socioeducativa tenham tratamento de policiais penais.

Ouça a notícia que foi ao ar aqui:

A Rádio Nacional Rio de Janeiro é parte integrante da EBC – Empresa Brasil de Comunicação, ouça e conheça mais sobre ela aqui: https://radios.ebc.com.br/nacionalrioam

Para entender mais leia o posicionamento público do CEDECA RJ e as cartas de repúdio de nossos parceiros em rede CLICANDO AQUI.

‼️ ENCARCERAMENTO Alerj aprova transferência do Degase da pasta da Educação para a Segurança Pública A intenção da medida é permitir que os agentes de segurança socioeducativa tenham tratamento de policiais penais.


“Para Pedro Pereira, advogado e coordenador do CEDECA RJ, vincular o Degase aos órgãos da segurança pública significa o afastamento dos princípios socioeducativos garantidos pela Constituição Federal, pelo ECA, pelo Lei do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (SINASE) e pela Convenção da Criança.
“Infelizmente o sistema socioeducativo no Brasil precisa avançar muito e se adequar aos parâmetros do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (SINASE), às recomendações do Comitê da Criança da ONU [Organização das Nações Unidas] e dar cumprimento aos planos decenais de atendimento socioeducativo dos estados. A prática atual infelizmente é muito assemelhada a do sistema penitenciário, numa lógica perversa de violação da dignidade humana”, afirmou. “

📲 Leia mais no Brasil de Fato: https://bit.ly/36gvA6j

Lamentavelmente retornará a pauta de votação da ALERJ amanhã (29/09/2020) a PEC 33/2019 que transfere o DEGASE da Secretaria de Educação para rol dos órgãos de segurança pública e transforma os “agentes de segurança socioeducativa” em “policiais penais”.
Não à PEC 33/19!
Leia o Pronunciamento Público do CEDECA RJ em repúdio clicando aqui.

LEIA CLICANDO AQUI a Recomendação do Procurador Geral de Justiça do Ministério Público do Rio de Janeiro ao Presidente da ALERJ para que seja rejeitada a PEC nº 33/2019, tendo em vista a sua manifesta inconstitucionalidade.

#NAOaPEC33
#degasenaeducação
#contraapec33
#CUMPRASEOSINASE

O CEDECA RJ irá promover o seu primeiro curso para adolescentes e jovens, com o objetivo de desenvolver a missão institucional de promover a prevalência e respeito da dignidade humana através da mobilização social e da educação popular, através do Projeto Efetivação de direitos de crianças e adolescentes com enfoque na Justiça Restaurativa, práticas restaurativas e circulares no Rio de Janeiro

Neste momento de pandemia, acreditamos que estamos nos lançando em uma atividade desafiadora, mas entendemos como uma oportunidade de estreitar vínculos com os adolescentes e jovens, propiciar o desenvolvimento de habilidades socioemocionais e somar esforços para promover o protagonismo juvenil destes jovens para o fortalecimento de suas comunidades.

Frase central para o desenvolvimento da estrutura curricular que apresentamos foi: A mudança que começa em mim.

Acreditamos que as chamadas “aulas” precisam ser um espaço de diálogo, para que possa ser mesclado a teoria e a vivência de cada um. Contextualizando e aproximando os conceitos de suas realidades.

O Curso é gratuito e 100% online. Os encontros serão realizados através da Plataforma Zoom.
Total de vagas: 20 vagas
Público Alvo: adolescentes e jovens de 14 a 21 anos
Dias: Segundas e quartas
Horário: 16h às 18h

Cronograma:
Inscrições no link: 25/09 a 28/09/2020
Análise das inscrições: 29 a 30/10/2020
Divulgação dos pré selecionados: 05/10/2020 (no site http://www.cedecarj.org.br , por email e whatsapp)
Entrevistas: 07 e 08/10/2020
Resultado: 09/10/2020 (no site http://www.cedecarj.org.br por email e whatsapp)
Início das aulas: 14/10/2020

Após o resultado, a comissão organizadora entrará em contato para confirmação da inscrição.
Serão emitidos certificados de participação para os alunos que participarem de 75% das aulas.

Link para inscrições: https://forms.gle/5wvzRo7emMh5i7RF7

CEDECA RJ continua realizando as orientações e atendimentos remotamente através de plataformas virtuais e do telefone de celular plantão/whatsapp:
(21) 21 96499-8319
E-mail: atendimento@cedecarj.org.br

O Programa de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte (PPCAAM RJ), está atuando normalmente, informações pelo plantão nos celulares:
(21) 96474-6907
(21) 96497-0217
E-mail: ppcaamrj@cedecarj.org.br

A necessidade de zelar pela vida nos impõe atividades não presenciais devido à pandemia da COVID-19.
Neste momento de distanciamento social, seguindo as orientações dos órgãos de Saúde Pública, nacional e internacional, estamos juntos na prevenção para conter a disseminação do novo coronavírus (COVID-19) e preservar a saúde coletiva.
Esperamos que esta situação passe logo para reencontrá-los fisicamente.

 

COMUNICADO 6.jpg

Maria Eduarda Pereira Dias Marcos, de 16 anos, foi selecionada para ser embaixadora do projeto “ECOWOMEN”. Com o objetivo de fazer ecoar a voz de meninas e mulheres pelos seus direitos humanos, ecológicos e econômicos diante dos problemas socioambientais, culturais, educacionais no mundo pós-covid, o projeto educacional multidisciplinar da organização Paz, Educação Ambiental e Consciência ecológica (PEACE), é uma parceria com o Movimento Universidade Arte Transformática (MudArt).

Apenas 17 jovens foram selecionadas para o projeto e Maria Eduarda se sente muito grata por fazer parte disso: “Foi o primeiro texto que eu fiz para fazer alguma coisa, minha primeira entrevista. Foram muitas primeiras vezes e foram todas boas, porque eu passei. Não vejo a hora de começar!”. A jovem, que faz parte do projeto Segundo Sol e é associada ao CEDECA RJ, recebeu nosso apoio e incentivo durante todo o processo.

Maria Eduarda tem como como prioridade no momento o Pontes Para Mudança (PPM), do qual é cocriadora. A iniciativa, que surgiu em reuniões do “Chama na Solução” (projeto da UNICEF e PNUD), busca aproximar os jovens das favelas e periferias do mundo com o trabalho. Porém, a caminhada ativista de Maria Eduarda começou quando ela tinha só 13 anos. “Eu era muito nova quando entrei no projeto ‘Eu Vivo Favela’, não tinha noção de como um projeto pode ter impacto em uma comunidade. Fui chamada para desfilar em um evento deles e, sem perceber, vi que já estava contribuindo com outras coisas. Comecei a fazer ações sociais e fazer coisas simples, como pintar o rosto das crianças nos eventos, acendeu uma chama em mim e foi quando comecei a ter mais interesse por outros projetos.”

Após ingressar no “ECOWOMEN”, ela planeja levar os conhecimentos que serão adquiridos para os tantos outros projetos que participa. “As expectativas estão muito altas. Espero que depois dessa experiência eu seja uma pessoa completamente diferente, com um pensamento diferente. Quero aprender sobre coisas que eu nunca ouvi falar, principalmente se tratando dos 17 objetivos das nações unidas.”

O “ECOWOMEN” será ministrado de maneira 100% digital, com reuniões, mentorias e oficinas, com início em agosto e término em outubro de 2020.

Conheça mais sobre o projeto ECOWOMEN e seus Organizadores PEACE e MudArt:

EcoWomen


https://www.facebook.com/projetoecowomen
https://www.mudart.org/
https://www.facebook.com/pg/mudartoficial

Home


https://www.facebook.com/peaceambiental/

O Estatuto da Criança e do Adolescente completou 30 anos em 13 de julho de 2020. O CEDECA RJ traz para mais esta atualização do Estatuto a afirmação de D. Luciano Mendes de Almeida (1990), na época Presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), pois ela sistematiza tudo que se pode assinalar como importante para a defesa desta publicação atualizada, em 2020:

“Trata-se de uma Lei, que é fruto do esforço conjunto de milhares de pessoas e comunidades empenhadas na defesa e promoção dos direitos das crianças e adolescentes do Brasil. A Democracia requer leis que garantam e promovam a dignidade da pessoa humana, assegurando seus direitos e o cumprimento dos deveres. O atual Estatuto responde ao anseio, há anos acalentado, de dotar o País de um instrumento válido para salvaguardar a vida e garantir o desenvolvimento das meninas e meninos do Brasil […]”.

Convidamos você a conhecer o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).
Nesta publicação você encontrará o texto do ECA atualizado, a Convenção sobre os Direitos da Criança (CDC), as Recomendações do Comitê da Criança da ONU para o Estado Brasileiro e a relação de todos os Conselhos Tutelares do Estado do Rio de Janeiro.
Leia, consulte, divulgue e monitore: a efetivação dos direitos de crianças e adolescentes depende de todos nós e de cada um de nós!

Agradecemos aos nossos apoiadores KIYO, SINT MARTINUS, MISEREOR, FURNAS e Família Mendes.

Acesse a versão completa da publicação do ECA pelo CEDECA RJ aqui:
CLIQUE AQUI PARA BAIXAR