CEDECARJ

Aconteceu quarta-feira, 13 de fevereiro, a oficina do Projeto Planos Estaduais: Desafios e Conquistas – Monitoramento dos Planos Estaduais de Enfrentamento da Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes em Porto Alegre, Rio Grande do Sul.

O projeto possui como objetivo o monitoramento da implantação e implementação dos Planos Estaduais de Enfrentamento a Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes será desenvolvido em parceria com o Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Criança e Adolescente e a Rede ECPAT Brasil.
Pretende construir indicadores qualitativos e quantitativos de monitoramento para a implantação e implementação dos planos estaduais, debater e mobilizar os estados brasileiros para a implementação do Plano Nacional revisado e aprovado pelo CONANDA. A proposta é proporcionar um amplo debate, em especial acerca dos aspectos mais polêmicos do plano, e estimular que cada estado retome a discussão dos planos estaduais, construindo uma agenda propositiva.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Hoje, segunda-feira 25/02, foi o lançamento da Frente Parlamentar Pró-Infância, Adolescência e Adoção na ALERJ (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro). A Frente foi criada para acompanhar e defender políticas e ações para garantir os direitos de crianças e adolescentes, e o fomento da adoção, seja ela tardia ou não. A ideia é propor projetos de lei em conjunto na Assembleia Legislativa, além de acompanhar e dar visibilidade às proposições em tramitação na Alerj que beneficiem a Infância, a Adolescência e a Adoção. Tia Ju também pretende promover debates, simpósios, seminários e outros eventos pertinentes ao tema, com a participação dos diversos segmentos da sociedade civil para garantir a interação e o fortalecimento das ações parlamentares voltadas para as áreas da infância/adolescência e de defesa e fomento do processo de Adoção Tardia.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O CEDECA Rio de Janeiro com apoio de MISEREOR e KIYO e em parceria com a 1ª Coordenadoria de Assistência Social e Direitos Humanos (1ª CASDH) da Secretaria Municipal de Assistência Social da Cidade do Rio de Janeiro – SMASDH, deu início no dia 10/10/2017 a segunda fase na execução do Projeto “Implementação da Justiça Restaurativa no Rio de Janeiro” com a formação em Educação para a Paz e Justiça Restaurativa com equipe técnica e coordenação do CAS, CREAS e CRAS da região central da Cidade do Rio de Janeiro. Com carga horária de 32 horas, distribuídas em três dias, os encontros teóricos/práticos têm como objetivo geral a Sensibilização sobre Justiça Restaurativa para 25 (vinte e cinco) profissionais da 1ª CASDH, no âmbito do projeto “Implementação da Justiça Restaurativa no Rio de Janeiro”. E como objetivos específicos – 1. Atualização sobre as normativas referentes à Criança e do Adolescente 2. Sensibilização para os profissionais sobre práticas restaurativas 3. Derivação de adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas em meio aberto para a Justiça Restaurativa.

Para manter suas atividades, o CEDECA RJ necessita do apoio da sociedade civil e de empresas, comprometidas com temas ligados à responsabilidade social e que financiem ações voltadas para o público infantojuvenil.
Apoiar o CEDECA RJ é uma forma cidadã de participar na busca pela efetivação dos direitos humanos de crianças e adolescentes, acreditando na capacidade de construir um mundo diferente onde todas as crianças desfrutem da sua infância.
Como pessoa física você pode apoiar o CEDECA RJ de diversas formas. Através de doações, trabalhos voluntários ou mesmo divulgando o trabalho para seus amigos e familiares.