CEDECARJ

Em comemoração aos trinta anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e nos seus onze anos de existência, o CEDECA RJ tem a alegria e a honra de divulgar o livro digital 30 anos do ECA, com 18 artigos de associadas e associados, profissionais e colaboradores como autores.
Estamos muito honrados da participação de crianças e adolescentes nesta publicação que contribuíram com textos reflexivos, poesias e desenhos sobre os seus direitos.
Agradecemos aos nossos parceiros e colaboradores pelo apoio e incentivo ao nosso trabalho.
Aproveitamos para fazer agradecimentos especiais a João Batista pela produção da arte da capa e a Adielson Agrelos pela diagramação e arte.

Acesse o livro digital “30 anos do ECA” CLICANDO AQUI.

Em 2020 a Declaração Universal dos Direitos Humanos da ONU faz 72 anos. Nesse 10 de dezembro o CEDECA RJ reforça o seu comprometimento na luta e promoção dos direitos humanos de crianças e adolescentes.
Nenhum direito a menos!

Acesse a DUDH na íntegra clicando aqui:
https://www.unicef.org/brazil/declaracao-universal-dos-direitos-humanos

Com o aumento de infecções e lotações de leitos nos hospitais públicos o CEDECA RJ reforça a importância dos cuidados básicos e prevenções ao coronavirus (COVID-19). A participação de todos é imprescindível no combate ao coronavirus. Leia e compartilhe a cartilha que o CEDECA RJ preparou no 1º semestre de 2020.
Acesse ela CLICANDO AQUI.

Neste mês de novembro, finalizamos o primeiro curso para adolescentes e  jovens com o tema: “Práticas restaurativas e cultura de paz”.

O curso online teve como objetivo a apresentação e sensibilização sobre a cultura de paz e práticas restaurativas, em busca de sua disseminação através do protagonismo juvenil em seus territórios.  Tivemos a participação de adolescentes e jovens entre 16 a 21 anos de idade, residentes de vários bairros do Rio de Janeiro e de outros municípios do Estado, que participaram de forma interativa pela plataforma online Zoom, no período de um mês, duas vezes por semana, duas horas por dia.

A partir da frase central: “A mudança que começa em mim”, o conteúdo proposto foi desenvolvido em uma estrutura teórico-vivencial. Os alunos puderam experimentar valores e princípios restaurativos como participação, diálogo, corresponsabilidade, respeito às diferenças, em um processo gradativo de construção de vínculos e desenvolvimento de habilidades socioemocionais como a escuta não julgadora e a empatia, além de um olhar ampliado para as dimensões estruturais da reprodução da violência.

O percurso contribuiu para novos aprendizados que geraram repertórios sobre como lidar com os conflitos utilizando a comunicação interpessoal e que poderão ser aprofundados em outras oportunidades de encontros.

“Gostaria de agradecer pela oportunidade de ouvir e ser ouvida, apesar da vergonha”

“ É incrivel ter esse espaço de discussão e conhecimento. Obrigada pela oportunidade!”

“… gosto muito do modelo de interação, onde no meio das aulas, temos a liberdade para falar, nos expressar, tirar nossas dúvidas, e eu aprendo muito mais dessa forma… por mais aulas com muita interação e lugar de fala a qualquer momento”

Esta foi mais uma ação do projeto “Efetivação dos direitos de crianças e adolescentes com enfoque na Justiça Restaurativa, práticas restaurativas e circulares no Rio de Janeiro” em parceria com Misereror.

Leia a carta de agradecimento que o CEDECA RJ recebeu de um dos jovens aqui:

CEDECA RJ continua realizando as orientações e atendimentos remotamente através de plataformas virtuais e do telefone de celular plantão/whatsapp:
(21) 21 96499-8319
E-mail: atendimento@cedecarj.org.br

O Programa de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte (PPCAAM RJ), está atuando normalmente, informações pelo plantão nos celulares:
(21) 96474-6907
(21) 96497-0217
E-mail: ppcaamrj@cedecarj.org.br

A necessidade de zelar pela vida nos impõe atividades não presenciais devido à pandemia da COVID-19.
Neste momento de distanciamento social, seguindo as orientações dos órgãos de Saúde Pública, nacional e internacional, estamos juntos na prevenção para conter a disseminação do novo coronavírus (COVID-19) e preservar a saúde coletiva.
Esperamos que esta situação passe logo para reencontrá-los fisicamente.

 

COMUNICADO 6.jpg

O Estatuto da Criança e do Adolescente completou 30 anos em 13 de julho de 2020. O CEDECA RJ traz para mais esta atualização do Estatuto a afirmação de D. Luciano Mendes de Almeida (1990), na época Presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), pois ela sistematiza tudo que se pode assinalar como importante para a defesa desta publicação atualizada, em 2020:

“Trata-se de uma Lei, que é fruto do esforço conjunto de milhares de pessoas e comunidades empenhadas na defesa e promoção dos direitos das crianças e adolescentes do Brasil. A Democracia requer leis que garantam e promovam a dignidade da pessoa humana, assegurando seus direitos e o cumprimento dos deveres. O atual Estatuto responde ao anseio, há anos acalentado, de dotar o País de um instrumento válido para salvaguardar a vida e garantir o desenvolvimento das meninas e meninos do Brasil […]”.

Convidamos você a conhecer o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).
Nesta publicação você encontrará o texto do ECA atualizado, a Convenção sobre os Direitos da Criança (CDC), as Recomendações do Comitê da Criança da ONU para o Estado Brasileiro e a relação de todos os Conselhos Tutelares do Estado do Rio de Janeiro.
Leia, consulte, divulgue e monitore: a efetivação dos direitos de crianças e adolescentes depende de todos nós e de cada um de nós!

Agradecemos aos nossos apoiadores KIYO, SINT MARTINUS, MISEREOR, FURNAS e Família Mendes.

Acesse a versão completa da publicação do ECA pelo CEDECA RJ aqui:
CLIQUE AQUI PARA BAIXAR