CEDECARJ

“Se você está irritado, sentindo medo, angústia ou tristeza, e com comportamentos como apetite em excesso, insônia e conflitos na família e no trabalho, você não está sozinho: essas reações são “normais” em uma situação “anormal” como a pandemia de coronavírus.
Pensando nessa parcela significativa da população e na importância dos cuidados em saúde mental e psicossocial neste momento, pesquisadores colaboradores do Centro de Estudos e Pesquisas em Emergências e Desastres em Saúde (Cepedes/Fiocruz) produziram três cartilhas sobre o assunto.”

Para ler as cartilhas acesse o nosso acervo CLICANDO AQUI

Para ler mais sobre as cartilhas acesse a página da Fiocruz Brasília CLICANDO AQUI

 

“A presença da população em situação de rua nas cidades do Brasil evidencia um cenário de desigualdade e injustiça social. As cidades aparecem como o mirante dessa realidade descortinada nas ruas por situações de extrema vulnerabilidade. Diante do cenário atual, com a pandemia da COVID 19 / CORONAVÍRUS, a população em situação de rua aparece com um dos grupos sociais mais vulneráveis. ”

O documento de propostas na defesa e garantia de direitos humanos da população em situação de rua foi elaborado pela Campanha Nacional Criança Não é de Rua, Movimento Nacional dos Meninos e Meninas de Rua, Movimento Nacional da População de Rua e Pastoral Nacional do Povo de Rua.

Para ler o documento na íntegra CLIQUE AQUI.

A Vara de Execuções de Medidas Socioeducativas suspendeu semana passada a execução das medidas socioeducativas de liberdade assistida e de prestação de serviços à comunidade prestadas no âmbito do município do Rio de Janeiro.

 

Leia a decisão na íntegra CLICANDO AQUI

A Associação pela Saúde Emocional de Crianças (ASEC), publicou recentemente no seu site um roteiro de táticas para lidar com as mudanças inesperadas na rotina e os sentimentos desagradáveis que afloram durante esse tempo. O texto da psicóloga Andréa Câmara Monteiro visa ajudar todos a buscarem estratégias que sejam mais eficazes e que possam contribuir com a saúde mental e emocional durante o período de pandemia do COVID-19.

Para ler o texto na íntegra do site da ASEC Brasil CLIQUE AQUI

Foi acolhido o Habeas Corpus Coletivo impetrado pela Coordenadoria de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (CDEDICA) da Defensoria Pública do Rio de Janeiro (DPRJ).
Na decisão, o desembargador Custódio Tostes argumentou que o habeas corpus atende à Recomendação 62/2020 do Conselho Nacional de Justiça, que orientou juízes a adotarem medidas para esvaziar as unidades socioeducativas, especialmente as que apresentem lotação acima de sua capacidade, caso do Rio de Janeiro.

Leia o documento na íntegra CLICANDO AQUI

“O isolamento social que se tornou tão importante para controlar o surto de coronavírus está exigindo uma atenção com questões relacionadas à saúde mental de adolescentes. Com o fechamento das escolas e eventos cancelados, adolescentes perdem a oportunidade de participar de encontros presenciais, conversar com amigos, praticar esportes coletivos, assistir às aulas, entre outras atividades fundamentais para o seu desenvolvimento e bem-estar.

Se você é adolescente e está sentindo ansiedade, isolamento, decepção por causa das mudanças trazidas pela pandemia do coronavírus, saiba o seguinte: você não está só. Conversamos com a especialista brasileira Karen Scavacini, psicóloga fundadora do Instituto Vita Alere, que nos traz reflexões e sugestões sobre como atravessar este momento protegendo você mesmo(a) e ajudando a proteger os outros.”

Trecho retirado do site da UNICEF, para ler o artigo na íntegra CLIQUE AQUI

O Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente manifestou-se em uma publicação no dia 25/03/2020 publicando o documento “Recomendações do Conanda para a proteção integral a crianças e adolescentes durante a pandemia do COVID-19”.

São 18 recomendações no total e entre elas se destaca a necessidade de implementação de medidas emergenciais no âmbito econômico e social e a recomendação que se forneça apoio governamental às famílias em condição de vulnerabilidade social, com medidas de subsídio financeiro e serviços públicos.

Leia essas e todas as outras recomendações no documento na íntegra CLICANDO AQUI

Comunicamos que estão suspensos, sem prazo determinado, os atendimentos e atividades presenciais do CEDECA RJ.Atendimentos e orientações serão realizados pelo celular/whatsapp (21) 97179-8159 ou pelo e-mail: atendimento@cedecarj.org.br.
Orientação sobre o Programa de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte (PPCAAM RJ) pelos celulares (21) 96474-6907 e (21) 96497-0217 ou pelo e-mail: ppcaamrj@cedecarj.org.br
Neste momento de distanciamento social, seguindo as orientações dos órgãos de Saúde Pública, nacional e internacional, estamos juntos na prevenção para conter a disseminação do novo coronavírus (COVID-19) e preservar a saúde coletiva.

Por favor fique atento aos números dos respectivos serviços. Obrigado pela compreensão.

AVISO01.png

O CEDECA RJ agradece a todos que apoiaram e ajudaram a construir a nossa trajetória na defesa dos direitos das crianças a adolescentes ao longo do tempo. Sempre atuante!

flyer eleito2.png

O Fórum Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – FÓRUM MUNICIPAL DCA RIO, espaço permanente de articulação da Sociedade Civil com a missão de promover e impulsionar a concretização dos direitos da infância e adolescência no Município do Rio de Janeiro CONVIDA para sua I Plenária de 2020.

Dia: 04/03/2020 (quarta-feira)
Horário: 14h
Local: Rede Cidadã – Av. Pres. Vargas, 435 – 2º andar
Pauta:

  1. Informes sobre a eleição dos representantes da sociedade civil no CMDCA-RIO
  2. Apresentação das entidades inscritas como candidatas ao CMDCA-RIO
  3. Situação do Fundo da Infância (arresto de 5 milhões)

Obs: O prazo para inscrição das instituições não governamentais registradas no CMDCA que desejam participar como candidatas ao processo de escolha encerra dia 20/02/2020, maiores informações no site: https://cmdcario.com.br/

 

Assembleia Forum DCA 2020

Novo comunicado altera o cronograma do Processo de Escolha CMDCA-Rio.

LEIA O CRONOGRAMA NOVO NA ÍNTEGRA CLICANDO AQUI